SUSTENTABILIDADE

Conceito Sustentável

O termo “sustentável” provém do latin sustentare (sustentar, defender, favorecer, apoiar, conservar, cuidar).​​​​​​​

Sustentabilidade é uma característica presente em um processo ou em um sistema. Esta característica permite a sua permanência, em certo nível, por um determinado prazo. Nos últimos anos, este conceito tornou-se um princípio segundo o qual o uso dos recursos naturais para a satisfação de necessidades presentes não pode comprometer a satisfação das necessidades das gerações futuras.​​​​​​​

A sustentabilidade também pode ser definida como a capacidade do homem interagir com o mundo, preservando o meio ambiente para não comprometer a capacidade de renovação dos recursos naturais.​​​​​​​

O conceito de sustentabilidade é complexo pois atende a um conjunto de variáveis interdependentes. Podemos dizer que o sustentável deve ter a capacidade de integrar as questões sociais, energéticas, econômicas e ambientais.

QUESTÃO SOCIAL
É preciso respeitar o ser humano, para que este possa respeitar a natureza. Do ponto de vista humano, ele próprio é a parte mais importante do meio ambiente.

QUESTÃO ENERGÉTICA E ECONÔMICA
Sem energia a economia não se desenvolve. Se a economia não se desenvolve, as condições de vida das populações se deterioram.

QUESTÃO AMBIENTAL
Questão ambiental: com o meio ambiente degradado, o ser humano abrevia o seu tempo de vida; a economia não se desenvolve; o futuro fica insustentável.

ECOLOGICAMENTE CORRETO + ECONOMICAMENTE VIÁVEL


A incorporação dos princípios da sustentabilidade ajuda empresas a atrair e motivar talentos, aumentar a competitividade e a eficiência, reduzir custos e riscos, inovar e influenciar novos investimentos.

Marina Grossi

Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável

A SUSTENTABILIDADE NA EMPRESA

Ser sustentável agrega valor e é um diferencial competitivo. O resultado prático pode ser traduzido em produtos para construção civil que oferecem vantagens como:

  • Redução de prazos;
  • Otimização de custos;
  • Racionalização de processos;
  • Eficiência energética;
  • Uso racional da água;
  • Uso de técnicas passivas dos materiais;
  • Uso de materiais ambientalmente corretos;
  • Alta qualidade interna dos ambientes;
  • Responsabilidade ambiental;
  • Responsabilidade social;
  • Responsabilidade econômica e empresarial.